Postagens populares

terça-feira, 23 de agosto de 2011

HOJE NO FINAL DO BANDEIRA 2 O REPORTER ROMA DESTACOU O SITE DA ASSOCIAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO MARANHÃO AMPEM.

Diretores da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (AMPEM) oficializaram nesta terça-feira (23) ao presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Jamil Gedeon Neto, o pedido de intervenção no processo que visa extinguir a vara especializada em crimes dolosos contra vida, fato que acarretará na ampliação de demandas das 1ª, 2ª e 3ª Varas Criminais de Imperatriz, uma vez que serão designadas para novas atribuições em detrimento da 5ª Vara Criminal. O requerimento foi formulado pelas promotoras, Fernanda Helena Nunes Ferreira e Raquel Chaves Duarte Sales, respectivamente, titulares das 2ª e 3ª Promotorias de Justiça Criminais daquela Comarca.

De acordo com a presidente da AMPEM, Doracy Moreira Reis, o ato inviabilizaria o cumprimento de metas do Conselho Nacional de Justiça, Conselho Nacional do Ministério Público e a Estratégia Nacional de Segurança Pública (ENASP). “Explicamos ao presidente Jamil que pugnamos pela criação de varas privativas, para que seja dada a devida importância, celeridade e qualidade no julgamento dos processos de crimes dolosos contra a vida”, destacou a presidente. Opinião do apresentador do Bandeira 2 (Roma) pelo que  eu entendi o Tribunal de Justiça pretende extinguir a Vara especializada em homicídio, sobregarregando os demais Promotores, que antes paravam os trabalhos repassando para o Promotor Especializado e voltando para um novo trabalho, se ouver a extinção do Promotor Especializado os demais perderam muito tempo com um caso e a sociedade vai perder muito com essa decisão.Fonte AMPEM  POSTADO POR ASMOIMP....

Nenhum comentário:

Postar um comentário